Card image cap
Você sabe sobre a importância da lubrificação?

Para que as empresas se mantenham no mercado, é preciso que as mesmas estejam com sua produção ativa, e isso só é possível se o maquinário estiver com bom funcionamento.

Alguns cuidados de manutenção são necessários para que essas máquinas não quebrem com tanta frequência e continuem com bom desempenho, como a lubrificação nas peças, que é responsável por uma maior eficiência das máquinas industriais. Ela age para proteger o maquinário, diminuindo o atrito entre as peças e, consequentemente, o desgaste e corrosão das mesmas, além de facilitar o seu manuseio pelos profissionais que farão a manutenção.

É importante entender que, dependendo das peças ou das máquinas, o tipo de lubrificante é diferente! Existem lubrificantes sintéticos, biodegradáveis, minerais, lubrificantes automotivos e até mesmo a graxa. Não esqueça de consultar qual é o ideal para seu maquinário.

Mesmo que existam variedades e especificações, é unânime que qualquer máquina industrial seja lubrificada corretamente, para evitar prejuízos no futuro.

Tomando os cuidados necessários!

Alguns eventos externos podem contaminar a solução lubrificante que você está utilizando, então, para que o produto utilizado não fique contaminado e estrague alguma peça do maquinário, você deverá tomar alguns cuidados.

Cuidado com pó impedindo que a lubrificação ocorra em todo equipamento, tapando as vias para passagem da lubrificação, e/ou com a água, sendo misturada com o lubrificante, pois isso pode causar a corrosão da superfície. É necessário que a equipe técnica responsável pela lubrificação das máquinas fique atenta para que não haja mistura entre o lubrificante e os agentes nocivos ao maquinário.

O plano de lubrificação é essencial para o controle e bom funcionamento das máquina!

É muito importante fazer o planejamento da lubrificação em máquinas industriais, pois elas estão em constante funcionamento. Com essa programação, é possível fazer uma lubrificação eficiente, controlando a quantidade de lubrificantes que a máquina necessita, sem prejudicar a rotina da empresa.

E quais as etapas para fazer esse planejamento da lubrificação?

Fazer o levantamento das máquinas;

O primeiro passo no planejamento é verificar quantas máquinas a fábrica possui, que precisam dessa lubrificação. É uma etapa importante para que se tenha um primeiro controle e noção de quais tipos de lubrificantes são necessários.

Identificação de áreas que necessitam de lubrificação;

Após saber a quantidade de máquinas que possuem a necessidade de serem lubrificadas, o profissional irá de maneira detalhada, verificar quais pontos e peças precisarão ser lubrificadas em cada máquina. Esse trabalho é bastante delicado e importante, pois a não lubrificação de algum ponto pode levar a prejuízos com o desempenho ou até mesmo a quebra e desgaste de alguma peça, por isso, o manual da máquina pode ser muito útil. Além disso, a pessoa responsável irá identificar o tipo de lubrificante de cada máquina, e também deve verificar quais serão os intervalos para cada lubrificação e a quantidade ideal.

Percursos da lubrificação;

É importante fazer uma elaboração das rotas de lubrificação dos maquinários para entender melhor quanto tempo o lubrificante leva para se deslocar. Esse procedimento é realizado para que seja possível compreender como funciona o processo de lubrificação dentro de cada máquina.

Programando as rotas;

Também é importante o alinhamento entre o técnico e a empresa, sendo informado o dia necessário fazer as lubrificações e quais serão seus pontos, comunicando quando a máquina pode parar. Com essa programação, o objetivo é que os dias coincidam, não havendo assim, prejuízos por conta de máquinas paradas.

Controle do estoque de lubrificantes;

Para que o plano tenha êxito, é preciso ter controle do estoque de todos os lubrificantes necessários, para que não falte e desarticule o planejamento feito para cada uma das máquinas. O fornecimento deve ser adequado e alinhado com os intervalos de tempo necessários. As quantidades dos produtos devem ser fornecidas corretamente e de acordo com as datas de reposição.

O mesmo cuidado deve ser tomado com a identificação do lubrificante de cada máquina destinada a ele! Erros de identificação podem acarretar problemas com o funcionamento caso sejam lubrificadas com o produto errado, por isso, na hora da identificação, é necessária muita atenção.

Vimos que a lubrificação das máquinas industriais é muito importante para o bom funcionamento e eficiência delas e, além disso, é necessário entender que cada uma tem suas particularidades, precisando ser estudadas para que o trabalho correto de lubrificação seja realizado. Observamos também que existem vários tipos de lubrificantes e que cada máquina necessita do seu específico! Então, tenha atenção, escolha os produtos corretos e se planeje com antecedência!